sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Organizações indígenas mobilizam comunidades para seminários de esclarecimento sobre a reestruturação

Trinta lideranças, representantes de organizações indígenas, estiveram na manhã desta quarta-feira (05) em audiência na Presidência da Funai, para tratar da mobilização das comunidades para os Seminários de Informação e Esclarecimento sobre a Reestruturação da Funai, com perspectiva de definição de agenda para instalação dos 36 Comitês Regionais.





O presidente Márcio Meira reafirmou o compromisso de que a APIB e a bancada indígena da Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI) serão os interlocutores com as comunidades, devendo mobilizar as lideranças de todos os povos para os seminários que começam em setembro. Os seminários deverão, assim, agrupar amplo e diversificado público de lideranças dos mais de 220 povos indígenas que vivem no Brasil e efetivamente iniciar o modelo de gestão compartilhada estabelecido com a reestruturação da Funai.



“Os seminários são para explicar, deixar claro, esse novo modelo de gestão que está implantado. Não vamos discutir todos os assuntos de cada região, porque cada região terá um instrumento próprio para isso, que é o Comitê Regional. Quando falamos que o decreto abre espaço para o protagonismo nas regiões é justamente com o Comitê, onde se discutem todos os assuntos das terras indígenas daquela região, inclusive a localização e funcionamento das Coordenações Técnicas Locais”, ilustrou Márcio Meira.

2 comentários:

  1. Eraldo de Vasconcelos Leite6 de agosto de 2010 17:45

    Quero aqui aproveitar o espaço e parabenizar aos dirigentes da FUNAI por fazer uma ótima reunião no auditório da policia federal em Recife, com a presença das senhoras diretores Francisca Picâncio Socorro Brasileiro e Alegrete, além do coordenador Regional de Maceió e do coordenador de Paulo Afonso, além da Coordenadora técnica de Recife,Foi muito positivo as explanações dos dirigentes sobre os funcionamentos das coordenadorias técnicas locais nos estados De Pernambuco e de Paulo Afonso na Bahia com relação ao atendimentos aos índios de Pernambuco, o que nos da no momento um ar de tranquilidade. Vamos aguardar os resultados e que sejam beneficos para os atendimentos aos nossos indigenas de pernambuco. Eraldo Leite

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Presidente Marcio...uma atitude de coragem, transparência e respeito! Mesmo longe da sede estou solidário com o Senhor para acabar com os vicios e abusos.

    ResponderExcluir